O primeiro trem que trafega por “trilhos inteligentes” foi lançado em 23 de outubro na cidade chinesa de Zhuzhou.
O veículo foi desenvolvido pelo Instituto de Pesquisas de Zhuzhou (China), da empresa CRRC. Esse trem não requer trilhos comuns, pois utiliza “trilhos virtuais” e é controlado por um sistema centralizado, informa a edição Global Times.

 

 

“Trilhos Inteligentes”

 

Os “trilhos inteligentes”, que atualmente funcionam em regime de teste, localizam-se ao longo da estrada principal de Zhuzhou. O trem mede 31,64 metros de comprimento e 2,65 metros de largura. É capaz de alcançar a velocidade de 70 km/h e transportar até 300 passageiros.

Esse trem sem trilhos necessita apenas de dez minutos de carga para transitar e percorrer até 25 km em regime autônomo.

 

Menores Prazo e Custo de Construção

 

De acordo com os especialistas, a construção de uma linha demora apenas um ano. Além disso, eles indicam que o custo deste tipo de transporte é significativamente mais barato que o de ferrovias tradicionais. Está previsto que o trem funcione em modo semiautomático já em 2019, enquanto a versão sem maquinista poderá ser lançada em 2020.

Com custo aproximado em R$ 6 milhões por unidade, este transporte é chamado de “smart bus” (“ônibus inteligente”) e é apontado como uma solução mais barata que o trem convencional porque não precisa de toda infraestrutura de trilhos, energia e cabeamento – que custa, em média, o equivalente a R$ 335 milhões, segundo a imprensa estatal chinesa Xinhua.

 


Fonte: https://br.sputniknews.com/ciencia_tecnologia/201710279691101-china-trem-inteligente-trilhos-video/

© Todos os direitos reservados Grupo InLog | Desenvolvido por Fresh Lab Agencia digital